[Odontologia no Ar] Atualmente substâncias utilizadas para tratamento de canal não causam escurecimento do dente

Odontologia no Ar
Odontologia no Ar
[Odontologia no Ar] Atualmente substâncias utilizadas para tratamento de canal não causam escurecimento do dente
/

Traumas dentais também podem causar escurecimento da coroa dental, portanto é importante sempre procurar um cirurgião-dentista para avaliar o caso

No podcast desta semana a professora Mary Caroline Skelton-Macedo, mais conhecida como professora Maine, da Faculdade de Odontologia (FO) da USP em São Paulo responde ao questionamento de um ouvinte. O ouvinte conta que fez um tratamento de canal, ou seja, endodôntico, e o dente tratado ficou escuro e ele quer saber o motivo disso. 

Segundo a professora Maine, isso ocorre porque algumas substâncias utilizadas para o tratamento de canal pode escurecer a coroa do dente, mas alerta que atualmente existem substâncias que não têm mais esse efeito. Sobre a possibilidade do dente voltar a ficar na cor original ou próximo disso, o paciente precisa fazer um tratamento de clareamento dental, com supervisão do cirurgião dentista. “Se for mesmo o tratamento endodôntico o causador desse escurecimento, o cirurgião dentista terá que fazer esse tratamento também dentro da coroa.”

Outra dúvida levantada pelo ouvinte é se o dente fica mais fraco com o clareamento e a professora informa que estrutura dental fraca é resultado do comprometimento do dente por cárie, da remoção do tecido careado e da restauração. “Na verdade o clareamento só vai ser estabelecido se houver estrutura para clarear que justifique, e isso não será um causador de fratura.”

Maine, volta a dizer que existem agentes metálicos que causam escurecimento, assim como agentes orgânicos e outros componentes de substâncias químicas. “Procure sempre um bom cirurgião-dentista que possa orientar sobre todos os aspectos relacionados ao dente específico e lembre-se que  trauma dental também pode escurecer a coroa e ser um facilitador de problema endodôntico, por isso é necessário ficar atento sobre a causa do  escurecimento, portanto dependendo dela, o tratamento será diferente.”


Produção: Rosemeire Talamone

Apresentação: Robert Siqueira

CoProdução: Alexandra Mussolino de Queiroz (FORP), Letícia Acquaviva (FO), Paula Marques e Tiago Rodella (FOB)

Edição: Rádio USP Ribeirão

ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish