[Odontologia no Ar] Lesões bucais

[Odontologia no Ar] Lesões bucais
Odontologia no Ar

 
Play/Pause Episode
00:00 / 9:55
Rewind 30 Seconds
1X

Aftas, sapinho e hiperplasia são algumas das lesões bucais mais comuns. Este episódio do Momento Odontologia discute quais os tratamentos para cada tipo de problema e alerta: todos são suscetíveis a essas doenças.

Neste episódio do Momento Odontologia, a professora Camila Galo, do Departamento de Estomatologia da Faculdade de Odontologia (FO) da USP, explica o que são lesões bucais e como tratá-las. Ela conta que a distribuição das doenças que afetam a boca depende da faixa etária, etnia, condição socioeconômica, status imunológico e hábitos nocivos (como o tabagismo) da população avaliada.

A afta é uma das lesões mais comuns, causada por mordidas acidentais durante a mastigação e até mesmo por problemas estomacais como gastrite. Nas crianças, algumas lesões comuns são a gengivoestomatite herpética primária e a candidose. Camila explica que a primeira corresponde ao primeiro contato da criança com o vírus do herpes simples, enquanto que a segunda, mais conhecida como sapinho, é comum nos primeiros 18 meses de vida devido a imaturidade do sistema imunológico frente ao contato com fungos.

A docente também ressalta que as complicações bucais podem ocorrer também na terceira idade: “Na população idosa, de menor poder aquisitivo, são comuns as lesões reativas por próteses mal-adaptadas, como a estomatite protética e a hiperplasia fibrosa inflamatória”. Além disso, a exposição prolongada ao sol pode causar queilite actínica, uma lesão com potencial de transformação maligna que acontece no lábio inferior.

Saiba mais sobre lesões bucais ouvindo o podcast na íntegra.