[Odontologia no Ar] Saúde bucal pode influenciar na qualidade de vida

[Odontologia no Ar] Saúde bucal pode influenciar na qualidade de vida
Odontologia no Ar

 
 
00:00 / 5:43
 
1X
 

Para Maria Gabriela Haye Biazevic, a forma como o paciente avalia a própria qualidade de vida é um importante indicativo para o tratamento dental: “No caso de situações que causam grandes perdas de estruturas bucais, e que podem fazer o paciente conviver com sequelas, essa percepção é importantíssima no planejamento do tratamento.

Considerada um indicador de saúde, a qualidade de vida é bastante influenciada pela satisfação ou insatisfação com a saúde bucal. O uso de questionários de qualidade de vida pela Medicina e Odontologia vem aumentando nos últimos 20 anos. “A importância desses questionários está no fato de que o planejamento do tratamento é discutido com o paciente, levando em conta não somente os dados clínicos da condição bucal, mas também o estilo de vida desse paciente, para que ele limite o menos possível o seu dia a dia por causa de sua condição bucal.”, avalia a professora Maria Gabriela Haye Biazevic.

O Departamento de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia da USP, campus São Paulo, avaliou o impacto na qualidade de vida de pacientes submetidos a cirurgia para remoção de tumor. A partir da avaliação, notou-se que aspectos como habilidade para falar, alimentar-se, sorrir e realizar interações sociais continuam muito prejudicadas após o procedimento. “Isso significa, no caso desses pacientes, que atingir qualidade de vida relacionada à saúde bucal corresponderá a percorrer um longo caminho.”, conclui Maria Gabriela.

RSS FOUSP Notícias